terça-feira, 29 de abril de 2008

Meme: 5 livros mais um


Uma vez que têm vergonha de admitir que gostam de banda desenhada (com a honrosa excepção da Inês e do intrépido prof. Artur) desta vez vou-lhes lançar um desafio "mais sério".

Devem, então, referir cinco autores ou livros da vossa preferência e um que mereça apodrecer na estante. Começo então por dar o exemplo:

1. A Bíblia - pelas razões óbvias.
2. Miguel Torga - pela densidade e consistência.
3. Onésimo Teotónio de Almeida - pelo humor e escrita criativa.
4. Teilhard de Chardin - pelo voluntarismo e pela procura do "Cristo cósmico".
5. Hergé - pela aventura.

Um que mereça apodrecer na estante? Pode ser o Dan Brown, cujo "Código" li do princípio ao fim e que ao virar de cada página me fazia exclamar "Valha-me Deus, não havia necessidade...!"

Passo agora a bola para os meus colegas do blogue e para todos os que queiram expressar os seus gostos literários. Vale!

6 comentários:

Anónimo disse...

E posso copiar...?

1. A Bíblia - berço da civilização judaico-cristã.
2. Sophia de Mello Breyner Andresen - por tudo, mas com destaque para a poesia e o mar.
3. Ensaio sobre a cegueira - pela revelação da crueza humana.
4. O Principezinho - pelo elogio da amizade e do amor.
5. As naus (António Lobo Antunes) - porque é a minha leitura de cabeceira actual e descubro uma obra-prima.

A apodrecer? Todos aqueles que cerceiam a fantasia, em particular a das crianças. Não posso citar nomes...

Jacqueline

Maria João Filipe disse...

Além da banda desenhada de qualidade...

1. Os Lusíadas de Camões - porque são a obra máxima da portugalidade, tantas vezes relidos e sempre adquirindo novas mensagens.

2. Memorial do Convento de José Saramago - pela genialidade, pela surpresa a cada esquina e pelas reflexões que nos obriga a fazer.

3. História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luís Sepúlveda - pelas lições de vida que nos traz.

4. O perfume de Patrick Suskind - pela perturbação inesquecível que me provocou.

5. Le petit Nicolas (O pequeno Nicolau)de Sempé-Goscinny, pelo humor com que trata as pequenas questões do quotidiano.

A apodrecer na estante??!! O Index - lista de livros proibidos.

Anónimo disse...

Caríssimo José Vaz, não resisti a participar também nesta óptima ideia do "Top 5 literário".
Então cá vai (com muita dificuldade em escolher só 5... 6 - desculpa a batota da primeira escolha):

1 - Fernando Pessoa e Sophia de Mello Breyner Andresen (tudo e sempre, com grande paixão);
2 - D. Quixote, Miguel de Cervantes (imortal!);
3 - Os Lusíadas, Luís de Camões (pela razão anterior);
4 - Afabulação, Pier Paolo Pasolini (pelo "teatro da palavra");
5 - Germinal, Émile Zola (pela crueza).

A "apodrecer na estante" tenho pudor em revelar no blog... mas são vários!!! ;-)

Continuação de boas ideias e de óptimo trabalho!

Dália Santos (Prof. de Português e membro da equipa da Biblioteca - Escola Básica 2/3 D. Afonso, IV Conde de Ourém)

Artur disse...

Hmmm... grande meme!

Cá vai:
1 - Snow Crash - O ciberespaço, conceptualizado por Neal Stephenson num dos mais divertidos romances de FC cyberpunk.
2 - A Galáxia Internet - bem vindos ao admirável mundo novo da sociedade em rede.
3 - Ulisses - Minuciosa descrição de um singelo dia na vida do senhor Leopold Bloom...
4 - Ficções - o mergulho no irreal e surreal invocado pelas palavras oníricas do argentino Jorge Luís Borges.
5 - Cosmos - Talvez já não seja o mais actual dos livros de divulgação científica, mas foi um livro que me apaixonou pela ciência.
6,7, e etc... enfim, a lista nunca mais acabaria...

Para apodrecer na estante? Cá por mim prefiro a mais ecológica solução de deixar o tomo no ponto verde. E aqui concordo com o indomável professor Vaz: O Código DaVinci, livro que me fez pensar "que grande treta" em quase todos os parágrafos.

José A. Vaz disse...

Agradeço a todos os que estão a participar neste meme porque neste aspecto tenho uma enoooooooooorme curiosidade em conhecer e saber das vossas razões e confesso que são bem interessantes e fundamentadas.

Deixem-me só dizer que tinha a secreta esperança de que a "divertidérrima" prof. Dália participasse nesta brincadeira séria. Só tenho pena de não a ter convidado directamente no blog para participar. Dália, perdoa-me. Please!!!

Jacqueline, desta vez ficas dispensada da confissão sobre o livro "mais um". Gostava que incentivasses os alunos a participar. devia ser curioso. é só uma sugestão. Maria João, boa a do index. Artur obrigado pelo epíteto e pela solidariedade acerca da fraude. boas as tuas escolhas "do outro mundo".
desculpem por me ter alongado. Vale.

LBarros disse...

Bom dia a todos!
Já respondi lá no De Mês em Quando, ora espreitem aqui :-)